1XX, 3XX – Campos de informação de cabeçalho

Definição e escopo

Os campos 1XX contêm nomes, títulos uniformes e termos usados ​​em cabeçalhos ou subdivisões de cabeçalhos. Eles são geralmente construídos de acordo com as regras de catalogação e construção de tesauros geralmente aceitas.

Cada seção individual do campo 1XX contém uma lista de elementos de dados válidos, descrição e escopo do campo e exemplos. Descrições dos indicadores e códigos de subcampo, bem como orientações para a aplicação da descrição de conteúdo e convenções de entrada para os campos 100, 110, 111, 130, 147, 148, 150, 151, 155, 162, 180, 181, 182 e 185 são fornecidas nas seguintes seções de informações gerais: X00, X10, X11, X30, X47, X48, X50, X51, X55, X62, X80, X81, X82 e X85.

Os campos 046 e 3XX contêm informações adicionais sobre as características do cabeçalho de entidades nos campos 100-185.

Histórico

  • Campo 140 – Título uniforme [OBSOLETO, 1997] [somente CAN/MARC]
    • O primeiro indicador não estava definido. O segundo indicador foi definido para indicar o número de caracteres a serem desprezados (0-9 número de caracteres a serem desprezados). Os códigos de subcampo foram: $ a (título uniforme), $ d (data do tratado), $ f (data de uma obra, $ g (informações diversas), $ h (designação geral de material), $ k (subcabeçalho de forma ), $ l (Idioma), $ m (Meio de execução para música), $ n (Número da parte ou seção / série, temática ou número de opus), $ o (Arranjo ou arr. para música), $ p ( Parte ou seção), $ r (Tonalidade para música), $ x (subdivisão de assunto geral), $ y (subdivisão de assunto do período), $ z (subdivisão de assunto lugar).
  • Campo 143 – Título coletivo [OBSOLETO, 1997] [somente CAN/MARC]
    • O primeiro indicador foi definido para indicar o tipo de obra: (0 = obras, 1 = obras selecionadas [obras completas publicadas em conjunto], 2 = Seleções [Extratos], 3 = Outros títulos coletivos). O segundo indicador foi definido para indicar o número de caracteres a serem desprezados em códigos de subcampo (O a 9 Número de caracteres a serem desprezados em códigos de subcampo). Os códigos dos subcampos foram: $a (Título coletivo), $d (Data do tratado), $f (Data de uma obra), $g (Informações diversas), $h (Designação geral do material), $k (Subcabeçalho de forma) , $l (Idioma), $m (Meio de execução [para música]), $n (Número da parte ou seção / série, temática ou número de opus), $o (Arranjo ou arr. para música), $p (Parte ou seção), $r (Tonalidade para música) $s (Versão).
  • Campo 147 – Cabeçalho – Nome de acontecimento [NOVO, 2016]
  • Campo 148 – Cabeçalho – Termo cronológico [NOVO, 2002]
  • Campo 162 – Cabeçalho – Termo de meio de execução [NOVO, 2013]
  • Campo 335 – Plano de extensão [NOVO, 2020]
  • Campo 336 – Tipo de conteúdo [NOVO, 2009]
  • Campo 348 – Formato de notação musical [NOVO, 2015]
  • Campo 368 – Outros atributos de entidades coletivas [NOVO, 2011]
  • Campo 368 – Outros atributos de pessoa ou entidade coletiva [RENOMEADO, 2011]
  • Campo 370 – Lugar associado [NOVO, 2009]
  • Campo 371 – Endereço [NOVO, 2009]
  • Campo 372 – Campo de atividade [NOVO, 2009]
  • Campo 373 – Afiliação [NOVO, 2009]
  • Campo 373 – Grupo associado [RENOMEADO, 2011]
    • Antes de 2011 era denominado “Afiliação”
  • Campo 374 – Ocupação [NOVO, 2009]
  • Campo 375 – Gênero [NOVO, 2009]
  • Campo 376 – Informações da família [NOVO, 2009]
  • Campo 377 – Idioma associado [NOVO, 2009]
  • Campo 378 – Forma completa do nome pessoal [NOVO, 2011]
  • Campo 380 – Forma da obra [NOVO, 2010]
  • Campo 381 – Outra característica distintiva da obra ou expressão [NOVO, 2010]
  • Campo 382 – Meio de execução [NOVO, 2010]
  • Campo 383 – Designação numérica de uma obra musical [NOVO, 2010]
  • Campo 384 – Tonalidade [NOVO, 2010]
  • Campo 385 – Características do público-alvo [NOVO, 2013]
  • Campo 386 – Características do criador/contribuidor [NOVO, 2013]
  • Campo 388 – Período de tempo de criação [NOVO, 2014]

Histórico da tradução:

  • 2021-05-26 – Publicação da tradução